Cloud Computing: o que você precisa saber antes de ter a sua!

2018-07-13T13:18:08+00:0013/07/2018|

Desde 2017 a IDC (empresa líder em inteligência de mercado de tecnologia) vem alertando que não dá mais para postergar projetos de transformação digital e inovação nas empresas brasileiras.

No início de 2018, em sua tradicional publicação sobre as previsões do ano, a instituição destacou a urgência da retomada dos investimentos em tecnologia, principalmente no que diz respeito à Internet das Coisas, Big Data/Analytics, Inteligência Artificial e claro: Cloud Computing.

No post de hoje, vamos focar em cloud computing, porque entendemos que ela é a base para o desenvolvimento de outros projetos da sua empresa.

A adoção da cloud deve impulsionar a transformação digital dentro do seu negócio, garantir a segurança dos dados e agilizar troca de informações para que a inovação possa acontecer na velocidade necessária.

No entanto, alguns contratos de cloud podem complicar mais do que facilitar.

Veja: realizar o faturamento no exterior e receber os pagamentos em moeda estrangeira (dólar) pode ser uma exigência de alguns fornecedores. Isso significa trabalho extra para o time financeiro e contábil da sua empresa e ainda impacta no planejamento orçamentário, já que é preciso considerar a variação do câmbio.

O parceiro ideal de cloud computing é mais que um fornecedor da nuvem certa. Ele precisa entender o seu negócio, suas características específicas e conciliar com um modelo de entrega e faturamento que façam sentido na realidade brasileira.

Veja na tabela abaixo mais dicas sobre quais pontos você deve ficar atento ao buscar um parceiro de cloud:

Também vale lembrar que a contratação da nuvem pode ser elástica, ou seja, em um pico de demanda, é possível aumentar a capacidade de memória e processamento da sua nuvem. Quando a demanda voltar ao normal, você reduz o contrato, sem precisar pagar por uma infraestrutura de TI que ficaria ociosa.

Antes de fechar contrato com um fornecedor de cloud computing, fique ligado nos aspectos citados aqui. Certamente, vão ajudar a chegar no parceiro ideal!

Você também pode conferir o webinar Elastic Cloud na prática, comandado pelo nosso parceiro Daniel Azevedo, consultor de negócios TIC, da Algar. Nele são abordados:

  • O que são unidades de processamento e como contabilizá-las
  • Como decidir qual a melhor configuração para o seu negócio
  • Como fazer o setup do ambiente de Cloud de sua empresa
  • Como monitorar o ambiente e controlar as configurações
  • Os benefícios do Elastic Cloud da Algar Telecom

E a gente se despede deixando a reflexão do Country Manager da IDC Brasil, Denis Arcieri, para você pensar também:

“A Transfomação Digital é um processo contínuo pelo qual as organizações se adaptam às mudanças disruptivas ou criam essas mudanças. Temos visto mais empresas se capacitarem digitalmente, mas ainda há uma distância significativa entre os pioneiros e os retardatários, e haverá consequências para as que não conseguirem fazer a transição para um modelo digital nativo”.

Ah! E não espere pelo próximo post para ver mais conteúdos da IT Brasil. Estamos ativos em nossos perfis no Facebook e no LinkedIn! Espia lá!